Author Archives: suporte-bt

Nova Diretoria da Santa Casa toma posse

No último dia 03 de dezembro, aconteceu a eleição da nova diretoria da Santa Casa de Capão Bonito para a gestão do biênio 2016/2017.

Os sócios presentes à convocação aprovaram a indicação da chapa única que estará à frente da administração da Santa Casa pelos próximos dois anos.

Desta forma a partir do dia 01 de janeiro a nova diretoria do hospital é a seguinte:

Provedor:  Sr. SANDRO RODOLPHO;
Vice-Provedor: Sr. MASARU ISHIHARA;
1º Tesoureiro: Sr. ANTONIO OSMAR DE OLIVEIRA;
2º Tesoureiro: Sr. VALDIREI DE SOUZA SANTOS;
1º Secretario: Sr. CARLOS ALBERTO BERTONI;
2º Secretario: Sr. JOEL MILTOM FERRAZ;
Suplentes da Diretoria:  Sr. MARIO ALBERTO MASEDO MORETTO,  Sr. CARLOS ALBERTO JUNQUEIRA DA CUNHA SOARES;

Conselho Fiscal:
Sr. JOSÉ AUGUSTO PEREIRA PASTORELLI,
Sr. MARCO HENRY CACCIACARRO JUNIOR,
Sr. CARLOS ALBERTO VENTURELLI,
Sr. ENIO HERKES e Sr. ANDRÉ HENRIQUE DE OLIVEIRA,

Suplentes do Conselho Fiscal:
Sr. PEDRO ELCIO DE ALMEIDA RAGOZZINI e
Sr. CARLOS EDUARDO GARCIA.

 

A Santa Casa de Capão Bonito agradece a todos e cumprimenta seu novo corpo diretivo na certeza de que continuaremos a desenvolver ações que contribuam para que os serviços oferecidos a comunidade sejam melhorados a cada dia.

Desafio do Balde de Gelo gera doações para Santa Casa

A Santa Casa de Capão Bonito agradece a manifestação de apoio e agradece a todos os envolvidos no desafio, pois iniciativa como esta, mostram a importância do envolvimento da comunidade na vida do hospital.

O desafio do Balde de Gelo, que se espalhou pelo mundo no ano passado e já arrecadou mais de 88 milhões de dólares para instituições beneficentes também teve a sua edição em prol da Santa Casa de Capão Bonito.

A ação aconteceu no ano passado como iniciativa de um grupo de amigos e empresários locais que promoveram a iniciativa e arrecadaram o valor de R$ 3.200,00 para a Santa Casa. Os amigos corajosos que aceitaram o desafio, e beneficiaram a nossa Santa Casa na aquisição de materiais para equipar o novo setor de radiologia da Entidade.

Os recursos foram aplicados na compra e instalação de 01 Aparelho de Ar Condicionado Split 12000 BTUS, 01 Monitor TV 17” e 01 bancada de granito  para fixação do novo  aparelho de raio-x digital instalado na nossa Entidade no último mês de abril, equipamento este que permitiu melhoria na qualidade dos nossos exames de radiologia, bem como a redução dos custos atuais.

Nosso muito obrigado aos corajosos: :Bertoni, Sebastião Machado, Alison (Etec), Marquinho Batata, Alexandre(Cadelo),  Urso, Júnior (Fórum), Batoré, Bizão, Netinho Afonso, Juliano (It´s Magazine), Raphael Machado Jr, Iki(Guincho), Kaverna, Sandrinho (Calabilu), Avaro (Etec), Enéias  Alves (Casare), Marcos Vinicios (Filho do Urso), Hélio ( Fazenda), Lerithe (Urso), Caetano Consolmagno, HerculinhoFrancato, Felipe Antunes, Gustavo Casare Alves, Eliseu Batatinha, Claudio Story, Carlinhos Barros, Ivan ( Centro Automotivo), Xiquinho Weller, Matheus Francato, Raphael Loureiro.

O envolvimento de vocês em nossa Entidade, é sem dúvida determinante para que busquemos a cada dia melhorar os serviços de nosso Hospital, pois somente com a união de todos é que podemos proporcionar, melhores condições na assistência à saúde de nossa população.

Santa Casa de Capão Bonito completa 79 anos

A Santa Casa de Capão Bonito completa 79 anos, no seu desafio de garantir atendimento médico para a população de Capão Bonito e região. Atualmente são mais de 50 mil atendimentos ao ano e 95 % deles, realizado pelo SUS, Sistema Único de Saúde garantindo à comunidade o direito à saúde e aos cuidados médicos que lhe são de direito.

Quando nos voltamos para a história da Santa Casa, lá para agosto de 1936, nós podemos ver que ela surgiu de uma inciativa popular, do desafio de um grupo de religiosos e cidadãos, em suprir as necessidades de uma população carente e necessitada que padecia por não ter acesso à saúde e aos cuidados médicos mais básicos.

Desde o lançamento da sua pedra fundamental até os dias de hoje, o que mais se destaca na história da Santa Casa, é que em todas as suas conquistas, O primeiro prédio, a ala atual, a nova maternidade, o pronto-socorro, os equipamentos, em todos os seus momentos a comunidade de modo geral esteve participando, apoiando e ajudando a construir o que a Santa Casa é hoje.

Iniciada  em 2008 o projeto de reestruturação da Santa Casa que já revitalizou o Pronto Socorro, Maternidade e a Policlínica e atualmente a parte externa do prédio, mesmo com apoio governamentais, sempre teve no mais simples gesto a participação da comunidade de Capão Bonito na concretização de cada etapa.

Quer fosse na doação de cobertores, ajuda na reforma de um quarto, doação de um quadro, de um televisor, o cidadão capão-bonitense sempre quis manifestar o seu apoio a Santa Casa.

Por isso nesse momento de festa, em que completamos 79 anos de atuação, nossa manifestação de agradecimentos é para você que junto conosco construiu essa história. Obrigado ! Por sempre estar ao nosso lado, se envolver e procurar saber de que forma poderia ajudar.

Nossos 79 anos de existência foram marcados pelo apoio que a comunidade sempre nos deu. A Santa Casa existe porque a comunidade acredita no seu trabalho e se esforça para que ela esteja cada dia melhor. Foi assim desde o início e acreditamos que assim será!

Receba o nosso agradecimento, por fazer parte dessa história e queremos sua participação ao longo da nossa existência para juntos continuar a construir uma história de engajamento e solidariedade a população de Capão Bonito.

79anos

Entram em vigor novas regras sobre parto na saúde suplementar

Resolução Normativa da ANS determina divulgação de taxas de cesáreas e disponibilização de informações às gestantes

Começam a valer a partir desta segunda-feira (6/7) as novas regras estabelecidas pelo Ministério da Saúde e pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para estimular o parto normal e reduzir as cesarianas desnecessárias. Com a entrada em vigor da Resolução Normativa nº 368, as operadoras de planos de saúde, sempre que solicitadas, deverão divulgar os percentuais de cirurgias cesáreas e de partos normais por estabelecimento de saúde e por médico. Também serão obrigadas a fornecer o Cartão da Gestante e a Carta de Informação à Gestante, no qual deverá constar o registro de todo o pré-natal, e exigir que os obstetras utilizem o Partograma, documento gráfico onde é registrado tudo o que acontece durante o trabalho de parto.

Acesse aqui a Resolução Normativa nº 368

“O parto é um dos momentos mais importantes na vida de uma mulher e de sua família e nós acreditamos que, ao fornecer informações qualificadas à mulher, ao informá-la sobre os riscos que podem ser gerados em decorrência de um procedimento cirúrgico desnecessário, ela estará mais segura na decisão em relação ao seu parto, escolhendo o melhor para sua saúde e a de seu bebê”, afirma o diretor-presidente da ANS, José Carlos de Souza Abrahão. “Essa medida é parte de uma estratégia maior da ANS, que busca incentivar o setor – beneficiárias de planos de saúde, operadoras, hospitais e médicos – a mudar o modelo de assistência ao parto e nascimento, promovendo uma crescente melhoria nos cuidados à gestante e à criança”, completa.

O Partograma passa a ser considerado parte integrante do processo para pagamento do procedimento. Nos casos em que houver justificativa clínica para a não utilização do documento, deverá ser apresentado um relatório médico detalhado. Se a cirurgia for eletiva, o relatório médico deverá vir acompanhado do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido assinado pela beneficiária, que substituirá o Partograma no processo de pagamento do procedimento.

Com o Cartão da Gestante, qualquer profissional de saúde terá conhecimento de como se deu a gestação, facilitando um melhor atendimento à mulher quando ela entrar em trabalho de parto. A Carta de Informação à Gestante contém orientações e informações para ela tenha subsídios para tomar decisões e vivenciar com tranquilidade o parto. E o Partograma é importante para casos em que, por exemplo, haja troca de médicos durante o trabalho de parto. Nele devem constar informações como se a mulher é diabética, tem hipertensão, que remédios está tomando, como estão as contrações, se há sofrimento fetal, se o parto não progride, entre outras.

As informações sobre as taxas de partos devem estar disponíveis no prazo máximo de 15 dias, contados a partir da data de solicitação. As operadoras que deixarem de prestar as informações solicitadas em cumprimento à Resolução Normativa pagarão multa de R$ 25 mil.

“Para ter acesso aos números de partos normais e de cesáreas, a beneficiária deverá solicitar à operadora, através dos canais de comunicação disponibilizados – telefone, e-mail, correspondência ou presencialmente. Os dados devem ser fornecidos por escrito e em linguagem clara”, explica Raquel Lisbôa, gerente-geral de Regulação Assistencial da ANS. 

Campanha Parto é Normal – Para oferecer às beneficiárias de planos de saúde um conjunto completo de informações sobre as novas regras e envolver todo o setor nas ações de incentivo ao parto normal, a ANS também está lançando a campanha “Parto é Normal”. Todas as informações relativas à nova normativa e demais ações implementadas pela Agência, bem como dados importantes que possibilitem à gestante tomar a decisão mais adequada sobre o parto estão sendo disponibilizadas no portal da ANS, em uma área específica dedicada ao tema. Há ainda duas peças gráficas – um folder e um cartaz – que podem ser baixadas do portal, para que operadoras, prestadores e demais interessados em participar das ações ajudem a divulgar a campanha. Acesse aqui a página.

Desde 2004 a ANS vem trabalhando para promover o parto normal e reduzir o número de cesarianas desnecessárias na saúde suplementar. Entre as ações, se destacam a inclusão, no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, de cobertura obrigatória para parto acompanhado por enfermeira obstétrica e acompanhante (sem custos adicionais) durante pré-parto, parto e pós-parto imediato; e o Projeto Parto Adequado, que visa mudar o modelo de atenção ao parto, baseado nas melhores evidências científicas disponíveis. O projeto é desenvolvido em parceria com o hospital Albert Einstein e o Institute for Healthcare Improvement (IHI), com apoio do Ministério da Saúde.

Riscos associados à cesariana – Atualmente, o percentual de partos cesáreos na saúde suplementar é de 84,6%. A cesariana, quando não tem indicação médica, ocasiona riscos desnecessários à saúde da mulher e do bebê: o parto prematuro aumenta em 120 vezes a probabilidade de problemas respiratórios para o recém-nascido e triplica o risco de morte da mãe. Cerca de 25% dos óbitos neonatais e 16% dos óbitos infantis no Brasil estão relacionados a prematuridade.

Apoio do Deputado Guilherme Mussi garante modernização 
de equipamentos na Santa Casa.

A Santa Casa de Capão Bonito começou a finalizar os processos de aquisição dos equipamentos provenientes da emenda do Deputado Federal Guilherme Mussi. Os processos de licitação foram abertos no mês passado através de edital publicado no site da instituição e no portal de convenio do Governo Federal, uma exigência do Ministério da Saúde, para acompanhar como os recursos serão aplicados.  As empresas interessadas em participar do processo encaminharam propostas a Santa Casa que após análise por uma equipe técnica, iniciou a escolha das empresas que fornecerão os equipamentos, os contratos de serviços e assistência técnica já estão sendo concluídos pelos setores responsáveis.

Com a conclusão deste processo a Santa Casa de Capão Bonito adquiriu novos equipamentos que contribuirão para uma melhora significativa nos serviços de saúde prestados a população. Um dos destaques dessas novas aquisições será o equipamento de Raio-X Digital que permitirá um salto de qualidade nos serviços de radiologia do Pronto Socorro e os equipamentos de Vídeolaparoscopia que permitirá que algumas cirurgias pequenas passem a ser realizadas com técnicas menos invasivas e com menor tempo de recuperação dos pacientes,  uma das técnicas mais modernas do país, ao todo estão sendo adquiridos mais de 200 equipamentos e móveis hospitalares, que variam de uma simples escadinha até os equipamentos mais sofisticados já  explicados anteriormente.

A expectativa da diretoria do hospital é que esses equipamentos comecem a ser utilizados pela equipe médica do hospital já a partir desse mês de Setembro de 2014, ou assim que todas as exigências jurídicas e técnicas estejam cumpridas.

O Provedor da Entidade, Masaru Ishihara agradece ao Deputado Federal Guilherme Mussi, pelo apoio e confiança na disponibilização da maior verba da história da Entidade, bem como a todos os diretores, funcionários e médicos, que trabalham muito na viabilização da emenda parlamentar. A todos o nosso muito obrigado e que Deus lhes pague!

1º Publicação dos contratos vencedores do Processo de compras 01/2014, publicado no portal do SICONV no periodo de 19 a 23 de Maio de 2014.

CONTRATO 001/2014 FANEM

CONTRATO 002/2014 SISMATEC

CONTRATO 003/2014 IBF

CONTRATO 004/2014 MORIYA

CONTRATO 005/2014 LAC

CONTRATO 006/2014 PHILIPS

CONTRATO 007/2014 DIXTAL

CONTRATO 008/2014 SCHOLLY

CONTRATO 009-2014 BARRFAB

CONTRATO 010-2014 HOSPIMETAL

CONTRATO 011/2014 ORTOSSINTESE

Data de publicação: 04/08/2014